MEDO DE TOMAR VACINA? MITOS OU VERDADES QUE VOCÊ PRECISA SABER!

MEDO DE TOMAR VACINA? MITOS OU VERDADES QUE VOCÊ PRECISA SABER!

As vacinas são consideradas como uma das grandes conquistas da humanidade na busca por mais saúde e qualidade de vida. Salvam vidas todos os dias há quase 2 séculos

A poliomielite, ou paralisia infantil, foi erradicada das Américas na década de 90 e em pouco tempo será erradicada em todo o mundo.

A varíola está extinta do planeta desde a década de 70. O sarampo, meningite surgem em surtos controláveis quando existem políticas públicas e de cobertura vacinal a toda população.

Muitas pessoas optam pela “não vacinação” e deixam seus filhos e a si próprio sem proteção contra as diversas doenças graves que podem levar ao óbito como: meningite, pneumonia, hepatite, caxumba, coqueluche, tétano, rubéola, catapora, tuberculose ou câncer de pênis, de laringe ou de colo de útero entre outros.

 “VACINAS PODEM CAUSAR AUTISMO”.

NÃO.  Em 1998 foi publicado um estudo em que o autor relacionava a vacina contra Sarampo, Caxumba e Rubéola (SCR) ao autismo. Isso criou um reboliço no mundo e por conta deste estudo muitas pessoas recusaram vacinar seus filhos, com medo das consequências. No entanto, este estudo foi criticado pela comunidade científica em relação aos seus aspectos metodológicos e foi retirado da revista; fato inusitado, que nunca havia acontecido antes. Estudo posteriores provaram definitivamente que NÃO há relação entre autismo e vacinas.

 “ALGUMAS VACINAS CONTÊM MERCÚRIO, QUE PREJUDICA O DESENVOLVIMENTO CEREBRAL”.

É MITO. Um composto de mercúrio, utilizado para conservar algumas vacinas chamado timerosal, foi relacionado a danos neurológicos, dentre os quais o autismo. No entanto, estudos observaram que o composto mercurial neurotóxico é o metilmercúrio. O timerosal contém o etilmercúrio, não relacionado a comprometimento cerebral.

Portanto, as vacinas NÃO comprometem o cérebro.

“AS VACINAS ENFRAQUECEM O SISTEMA IMUNOLÓGICO. É MELHOR TER A PRÓPRIA DOENÇA”.

Não. Só para lembrar, a pneumonia causada pelo vírus do sarampo era uma das principais causas de mortalidade infantil.

As vacinas não “enfraquecem” o sistema imunológico. Exigem, isto sim, uma reação do organismo.

Este argumento não se auto-sustenta, deixar uma criança exposta a uma doença potencialmente fatal como as meningites bacterianas, por exemplo, para que os “sobreviventes” adquiram imunidade.

“AS VACINAS TÊM EFEITOS COLATERAIS”.

SIM, É VERDADE. Os sintomas mais comuns, após a administração das vacinas, são: febre, mal-estar ou dores pelo corpo, no entanto, as doenças causam tudo isso e muito mais, podendo levar a morte, em muitos casos.

Por isso, estes efeitos não contraindicam a vacinação.

Algumas pessoas podem, sim, desenvolver outros efeitos colaterais mais raros e como o próprio nome diz, não justificam a não vacinação da maioria.

Fonte: G1 – Você tem medo de vacina

http://g1.globo.com/bemestar/blog/doutora-ana-responde/post/voce-tem-medo-de-vacinas.html

http://<a href=”https://br.freepik.com/vetores-gratis/projeto-do-fundo-da-vacinacao_1024247.htm”>Projetado pelo Freepik</a>

 

A meningite é contagiosa e transmitida por contato direto entre indivíduos doentes

A meningite é contagiosa e transmitida por contato direto entre indivíduos doentes

São mais de 150 mil casos de e meningite registrados no Brasil e o meningococo B, vem sendo responsável por cerca de 20% dos casos.
As vacinas já estão disponíveis em nossas unidades e na unidades parceiras da Drogaria Araujo

PREVENÇÃO SEMPRE O MELHOR CAMINHO!
TEM VACINA! TEM PROTEÇÃO!

FAMÍLIA VACINADA! FAMÍLIA PROTEGIDA!

VACSIM, A GENTE PROTEGE QUEM VOCÊ AMA!

Saiba mais sobre vacinas  e os esquemas de doses aqui no site: http://vacsim.com.br/vacinas/

7 COISAS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE FEBRE AMARELA

7 COISAS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE FEBRE AMARELA

A VACSIM, reuniu algumas informações importantes sobre a Febre Amarela.

1- O que é a Febre Amarela?

A Febre amarela é uma infecção causada por vírus e transmitida por determinadas espécies de mosquitos, através de picadas de insetos. A Febre Amarela não é contagiosa, ou seja, não é transmitida de pessoa para outra pessoa.

A infecção se não for tratada rapidamente, pode levar à morte, em cerca de uma semana.

O diagnóstico da Febre Amarela precisa ser feito por um médico de confiança e normalmente é preciso de exames laboratoriais ou de imagem para concluir o diagnóstico. Que pode durar até 15 dias para confirmar o diagnóstico.

É feito o monitoramento dos sintomas e complicações de acordo com a evolução da doença. Cada caso é um caso.

Não há tratamento específico ou padrão para Febre Amarela.

Esses sintomas da doença são os mais comuns, no entanto, não é via de regra para todas as pessoas. Portanto, recomendamos que não tome remédios sem antes consultar um profissional da área de saúde ou especialista no assunto.

A vacinação é a maneira mais eficiente de se proteger.

Vacina contra a Febre Amarela é a medida mais importante para prevenção e controle da doença

2- Quais os sintomas da Febre Amarela?

Em casos moderados provocam dor de cabeça, náusea e vômitos, calafrios, fadiga, febre, mal-estar ou perda de apetite, confusão mental, hemorragia e icterícia (coloração amarelada da pele).

Em alguns casos mais graves os sintomas de Febre Amarela podem gerar problemas cardíacos, renais e hepáticos, que podem ser fatais.

3- Qualquer pessoa pode contrair a Febre Amarela?

Sim. desde que não tenha sido vacinada ou qualquer pessoa que viva ou visite áreas onde há transmissão da doença, pode ter Febre Amarela.

4- Quem pode e deve se vacinar contra a Febre Amarela?

O esquema da vacina contra a febre amarela é de 2 doses, tanto para adultos quanto para crianças.

Acima de 6 meses, qualquer pessoa pode se vacinar.

Pessoas com câncer, imunidade baixa, portadores de HIV positivo.Devem consultar seu médico antes de se vacinar.

É recomendado vacinar-se antes de viajar, para regiões onde existem riscos de contaminação.

Somente 10 dias após a vacinação, você estará protegido.

5- Quem está com o esquema de vacinação incompleto, deve se vacinar?

Se você já se vacinou contra a Febre Amarela por 2 vezes, não é necessário correr para se vacinar novamente.

Para adultos que tomaram a primeira dose há menos de dez anos, também não há necessidade de adiantar a dose de reforço.

6 – Quais os medicamentos usados nos tratamentos contra a Febre Amarela(FA)?

Os medicamentos mais usados são para os combater os sintomas e aliviar a dor, diminuir a inflamação e reduzir a febre são:
Anti-inflamatórios não esteroides, analgésicos e antitérmicos.

Não esqueça procure um médico antes de se medicar

7- A Febre Amarela pode ser evitada?

A única forma de evitar a Febre Amarela é através da vacinação. A vacina está disponível nos postos de saúde gratuitamente e deve ser aplicada pelo menos 10 dias antes do deslocamento para áreas de risco.

A vacina pode ser administrada após seis meses de idade e é válida por dez anos.

Qualquer pessoa, que vive nas áreas endêmicas ou que visitam áreas de risco deve ser vacinada.

A vacina pode ser aplicada na rede particular de vacinação

Veja o Esquema de Vacinação contra Febre Amarela

 

Fonte: Ministério da Saúde.

Mais informações sobre a doença podem ser encontradas nas Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde e no Ministério da Saúde.

Fontes: Hospital Israelita, A. Einstein. SBIM, Portal da Saúde
http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/perguntas-e-respostas-febreamarela
http://familia.sbim.org.br/noticias/160-perguntas-e-respostas-sobre-febre-amarela